Sou um felino doméstico. Vagabundo ou não, ando por aí.
Adoro muros e telhados alheios.
Namoro de madrugada – a lua e a gata.
Faço poesia e muita prosa.
Sou cinzento na cor e colorido na alma.

03/09/2016

Noturno



Quando a noite chega, a magia acontece. Tudo fica mais claro. Meu corpo desperta. Minha alma descansa e meus olhos enxergam o inevitável. Por mais que eu tente não consigo abandonar a lua.  Está na minha natureza. 

8 comentários:

Gracita disse...

Boa noite Gato Cinzento
Um deleite este teu belo poema
A lua tem grande poder de atração. É mágica!!!!
E desperta doces versos como os seus
Uma linda semana
Abraços

✿ chica disse...

Lindo e eu também adoro a lua!Aliás, adoro o céu! beijos, chica

Gisley Scott disse...

Menina, que poema do poder esse aqui viu?
Quando a noite cai, os sentidos se aguçam e aquilo que não pode ser visto a dia é revelado!!!
Beijos
http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

Lia Noronha disse...

Gato: a lua tem uma espécie de feitiço...que envolve nossos corações e nossas almas.
abraços bem carinhosos.

CÉU disse...

Mas por onde anda esse miau?

Claro, só pode estar olhando a lua. E se a lua fosse passarinho?

Beijinho.

CÉU disse...

Encontrei mesmo agora, por aí, esse miau. Fiquei mto feliz!
Gato é animal independente e só vai onde mto bem quer.

Tudo de bom!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, quem assim nasce, assim deve ser, eu adoro a noite com lua ou sem lua, com chuva ou sem chuva, com frio ou sem frio, a noite é sempre magica.
Bom fim de semana,
AG

sandra mayworm disse...

Que coisa linda!!